Danilo Gentili, repórter do CQC, fala o que pensa sem temer e sabe que ao comentar sobre determinado assunto, pode criar polêmica.

Em entrevista a edição da revista Playboy deste mês, Gentili disse que a primeira mulher que viu nua foi a filha de um pastor: “Ela me chamou nos fundos da igreja. Quando cheguei, ela levantou a blusa, e eu falei: se vai mostrar, mostra direito. Aí ela abaixou a calça”, contou.

Gentili também falou a publicação de suas brigas com políticos. Ele disse que o PT acha que é uma religião: “É como você estar no meio de muçulmanos e falar alguma coisa contra eles. É fanatismo”, disparou.

O repórter do CQC também comentou de um episódio em um show da Igreja Renascer, em que ele levou uma faixa escrito “SOS da Vida”. Segundo Danilo, quando o bispo viu, mandou que os fiéis o apedrejassem: “e eles apedrejaram mesmo”, afirmou.

[b]Fonte: Terra[/b]