Terrorista que atacou a família de um judeu messiânico será julgado dentro de algumas semanas por um tribunal em Israel.

Yaakov Teitel, 39 anos, foi considerado apto para ir a julgamento após exames periciais. Ele é acusado de bombardear a casa do pastor David Ortiz em março de 2008. Além dessa acusação, ele também é acusado de conexões com o assassinato de dois palestinos e outros delitos.

Os advogados Teitel argumentaram que ele não era mentalmente capaz para ser julgado, mas um juiz do tribunal distrital de Jerusalém determinou que ele pode sim se apresentar ao tribunal. Em maio de 2010, Teitel havia dito: “Eu não sei se eu estou psicologicamente bem.”

Teitel mudou-se da Flórida para Israel em 2000 onde se casou e teve quatro filhos. Em novembro de 2009 ele foi acusado do assassinato de um motorista de táxi palestino e de um pastor palestino, além de outros crimes.

Em março de 2008, de acordo com acusações, Teitel tentou assassinar Amiel Ortiz, 15 anos, filho do pastor Ortiz líder cristão e membro de uma família de judeus messiânicos em Ariel. Teitel supostamente colocou uma bomba em uma cesta do presente no dia de comemorações do Purim que estava acontecendo na casa do Ortiz.

A bomba, que provavelmente havia sido enviada para p pastor Ortiz, explodiu quando Amiel a abriu. O adolescente ficou gravemente queimado e estilhaços cravados em seus braços, pernas e tronco. O julgamento de Teitel está marcado para começar em algumas semanas.

[b]Fonte: Missão Portas Abertas[/b]