O advogado lembra que o Supremo já julgou um caso parecido obrigando a IURD a devolver 70 mil reais que o fiel havia ofertado.

O advogado Ademar Volanski respondeu em seu programa “Advogado ao Vivo”, publicado em seu canal do Youtube, uma pergunta de uma ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus que queria saber se pode entrar na Justiça para pedir de volta os valores que doou para a igreja.

A mulher que enviou o e-mail disse que durante o período que frequentou a IURD foi levada a ofertar mais do que poderia e somando esses valores chegou ao valor de R$190 mil que teriam sido entregues à igreja.

A dúvida dela é se ela pode pedir a devolução desses valores, já que se sente iludida com as pregações de que, se ela ofertasse, receberia bênçãos financeiras em troca, o que não aconteceu.

Volanski, que é evangélico, criticou as igrejas neopentecostais que são adeptas da teologia da prosperidade e incentivou a mulher a conseguir provas de que doou todo esse valor para a igreja, e mover uma ação que anule essas doações.

O doutor lembra que recentemente uma pessoa conseguiu que devolvessem os R$70 mil que ela havia ofertado em um processo que chegou até o Tribunal Federal.

Assista:

[b]Fonte: Gospel prime[/b]