Aguinaldo Silva está indignado. O autor chamou de “virulenta” a matéria do “Domingo Espetacular” (Record) que acusou “Duas Caras” (Globo) de preconceito contra evangélicos.

“A (personagem) Edivânia (pivô da crise) é louca. Em tramas como ‘Tieta’ mostrei católicas ensandecidas e os padres não reclamaram.”

A Globo já se prepara para processar a Record. E, por meio de nota, protesta: “Edivânia (Susana Ribeiro) é uma desequilibrada. Rotulá-la de evangélica é preconceito.” A Record não se pronunciou.

Fonte: Bem Paraná