Um Alcorão do século XIII foi arrematado nesta terça-feira pela soma recorde de 1,14 milhão de libras (2,3 milhões de dólares), em um leilão realizado pela Casa Christie’s de Londres.

Este exemplar do livro sagrado dos muçulmanos, avaliado em entre 250 mil e 300 mil libras, foi vendido durante um leilão consagrado à arte sacra do mundo islâmico e indiano que arrecadou no total 5,9 milhões de libras.

Datado de 1203 e escrito com ouro, acompanhado de anotações redigidas em prata, o Corão bateu o recorde de preço para todos os manuscritos islâmicos.

Fonte: UOL