Aline Barros no programa Mariana Godoy Entrevista
Aline Barros no programa Mariana Godoy Entrevista

O colunista da Folha de São de Paulo, Tony Goes, em seu artigo escrito nesta segunda-feira, 2 de abril, criticou a cantora evangélica Aline Barros que se posicionou sobre a homossexualidade durante sua participação no programa Mariana Godoy Entrevista, exibido pela RedeTV! na última sexta-feira (30).

“O fato é que a cantora não disse absolutamente nada de novo. Muitas celebridades e políticos, ligados ou não à religião evangélica, deram para dizer que “não concordam” com a homossexualidade (isto quando não usam o termo errado, “homossexualismo”, que remete a doença)”, disse o colunista.

“Acontece que “não concordar” com a homossexualidade é tão ridículo quando não concordar com o cabelo louro de alguém, ou com o nariz adunco, ou com os olhos castanhos”, atacou Goes.

“No Brasil, alguns setores tentam caracterizar como homofobia apenas a violência física cometida contra a população LGBT. Na verdade, atitudes homofóbicas englobam desde as piadinhas de mau gosto até a recusa de emprego. Passando também, é claro, também pela boca dos famosos que dizem “não concordar” com os gays.”

“Não espero convencer Aline Barros de nada. Ela é até mais comedida do que sua colega Ana Paula Valadão, que já se indignou até com propaganda de moda unissex.”

“Mas não adianta Aline dizer que tem Jesus no coração e muito amor para dar. “Não concordar” com a homossexualidade é homofobia. Ponto”, finalizou o colunista.

Entrevista

A cantora Aline Barros se posicionou sobre a homossexualidade quando passou a responder algumas questões enviadas por internautas. Leia abaixo algumas frases ditas por Aline Barros no programa e na sequência assista na íntegra, o vídeo da entrevista.

“Meu posicionamento sempre vai ser aquilo que a palavra de Deus me orienta, porque eu vivo a palavra. Nós não concordamos com o pecado — o pecado é abominável e distancia a gente de Deus”, destacou Aline.

“Mas amo as pessoas que escolheram viver dessa forma, tem a sua opção, tem a sua escolha. O meu coração sempre estará aberto para liberar amor. Essa fonte de amor, que é Jesus, está sendo liberada na minha vida todos os dias”, acrescenta a cantora.

“Conheço homossexuais que já fizeram meu cabelo, minha maquiagem e são pessoas queridas que eu tenho um carinho especial. Mas, em relação a prática daquilo que fazem, não posso dizer que concordo. Mas eles sabem, porque quem me conhece sabe meu posicionamento como cristã”, observou Aline.

“Deus criou o homem e a mulher e, em sua plenitude, pensou na estrutura de família para que o homem pudesse se unir a sua mulher, os dois fossem uma só carne e pudessem se multiplicar e encher a terra. Mas as escolhas são feitas por cada um de nós”, completou a cantora.

Fonte: Folha de São Paulo e Guia-me