Ministério é homenageado na câmera municipal Agora a líder do ministério Diante do Trono possui duas cidadanias: belo-horizontina e soteropolitana. O título foi dado em reconhecimento do trabalho social realizado no Brasil, que incluiu a gravação do CD Esperança na capital baiana, em 2004.

Para receber a homenagem, ela esteve em Salvador no dia 5 de setembro.

A solicitação da nomeação movida pelo vereador Adriano Meireles foi unânime e de acordo com ele a homenagem não se restringia apenas à Ana, mas era também a todos àqueles que têm feito bem à sociedade.

Em seu discurso ele ainda relembrou a gravação acontecida há três anos no CAB, e encerrou dizendo: Nos sentimos honrados por sermos filhos de Salvador.

Em seguida, foi a vez da homenageada se pronunciar. “Hoje, aqui, no útero do Brasil, eu nasço na cidade de Salvador. Eu creio nos planos de Deus para essa nação. Recebo esse título como uma serva que tem um chamado. Com esse documento eu me sinto como se estivesse segurando uma grande chave. E como ela abriremos o céu dessa nação.” Ana Paula ainda compartilhou sobre o seu chamado pessoal sobre a palavra de II Crônicas 7:14, em que os crentes do Brasil deveriam se levantar como intercessores e clamar pela presença de Deus nessa terra.

A seção solene se tornou na realidade um grande culto. Ana Paula cantou Preciso de Ti, e a atmosfera foi completamente transformada. As pessoas ergueram as mãos e adoraram, sem se preocupar em estarem em uma Câmara de Vereadores.

Para encerrar a seção, o pastor convidado Milton Ebenézer, comentou sobre a importância do DT para o país e profetizou sobre a vida de Ana Paula.

Fonte: Gospel Mais