Ao estrear sua primeira peça na Broadway, em Nova York, “All My Sons”, nesta quarta, 17, a atriz Katie Holmes teve que enfrentar o protesto de opositores da cientologia, seita seguida por seu marido, Tom Cruise.

Um grupo de 30 pessoas alinhou-se na porta do teatro com cartazes onde se lia “Libertem Katie”, aos gritos de “cientologia mata!”. Na época de seu casamento com Tom Cruise, boatos davam conta de que Katie tinha sido obrigada a seguir a religião do marido. E que agora ela estaria presa à cientologia para sempre.

Segundo o site do tablóide “Daily Mail”, os manifestantes afirmavam que a movimentação não era contra Katie, e sim contra a obrigação de ela permanecer para sempre ligada ao culto religioso. O ator Tom Cruise, acusado pelos membros do protesto de ser o causador da “prisão espiritual” de Katie, pareceu não ligar. Ele acenou para os fãs e posou para fotos com o mesmo sorriso de sempre. Ao final, disse apenas que o desempenho de sua mulher foi extraordinário.

Fonte: G1