Depois do pastor Altair Germano, usar a rede social e disparar duras críticas a direção da Faculdade Evangélica de Ciências e Tecnologia das Assembleias de Deus, ligada a Casa Publicadora das Assembleias de Deus, a instituição FAECAD resolveu cancelar o curso de pós graduação, com a temática Teologia da Missão Integral.

A informação foi divulgada no início da noite desta segunda-feira, 06 pelo próprio pastor em sua rede social Facebook.

Germano sugeriu ainda que a instituição ofereça um curso de pós graduação em Teologia Pentecostal Clássica; afirmou também que decisões tomadas de maneira equivocada e precipitada, só trazem desgastes internos e externos e que segue confiando no bom senso e comprometimento da Presidência da CGADB, de sua Mesa Diretora e dos Conselhos”.

A CPAD era presidida pelo pastor José Wellington Júnior, que se licenciou em outubro de 2016 para disputar a presidência da CGADB.

[b]REPERCUSSÃO[/b]

[img align=left width=300]http://www.jmnoticia.com.br/wp-content/uploads/2017/03/altair-germano.jpg[/img]Na tarde desta segunda-feira, o site JM Notícia repercutiu o posicionamento do pastor Altair Germano (foto), que acusou a FAECAD e a CPAD de abrir as portas para predestinacionistas, cessacionistas e universalistas, causando constrangimento interno e externo ao ter que cancelar um evento, em 2015, que na época seria ministrado pelo pastor Augustus Nicodemus.

“Através de nossa editora oficial e de nossa instituição acadêmica, portas estão sendo abertas, não para o saudável debate teológico, mas para a promoção de doutrinas e teologias que não se sustentam à luz das Sagradas Escrituras.

Coronelismo, farisaísmo, intolerância e castração do saber, são alguns dos termos empregados contra os que defendem os princípios doutrinários da nossa igreja”. O alerta acima é de autoria do pastor Altair Germano e foi publicado em sua rede social Facebook, nesta domingo, 05 de março de 2017?.

[b]Fonte: JM Notícia[/b]