A revelação foi feita pela “Rádio Vaticano” em sua edição em alemão nesta quinta-feira.

Joseph Ratzinger era doador de órgãos, mas após ser eleito chefe da Igreja Católica como Bento XVI, sua inscrição na lista alemã de doadores foi cancelada, informou nesta quinta-feira a “Rádio Vaticano” em sua edição em alemão.

O programa de rádio indicou que a informação foi transmitida por carta pelo secretário de Bento XVI, Georg Gaenswein, ao médico católico alemão Gero Winkelmann, que nos últimos anos vinha escrevendo artigos e sublinhando em conferências nos quais promovia as doações de órgãos que o papa também era doador.

“É verdade que o papa possui um cartão de doador de órgãos, mas é também verdade que com a escolha do cardeal Ratzinger como chefe da Igreja Católica, ipso facto esse cartão ficou obsoleto”, escreveu Gaenswein ao médico alemão.

[b]Fonte: Terra[/b]