O papa Francisco conseguiu elevar a confiança na Igreja Católica, atingindo patamares inalcançáveis desde 2009.

Com atitudes que quebram o protocolo do Vaticano e surpreendem até os católicos menos conservadores, o papa Francisco tem aumentado sua popularidade com níveis que chegam a 89,6%, de acordo com um estudo divulgado nesta sexta-feira (30) pelo Instituto Italiano de Estudos Políticos, Econômicos e Sociais (Eurispes). No ano passado, o índice era de 87,1%.

Com isso, Francisco conseguiu elevar a confiança na Igreja Católica, atingindo patamares inalcançáveis desde 2009. Entre os jovens de 18 a 24 anos, a aprovação de Francisco saltou de 27% para 51%. Na faixa etária de 25 a 34 anos, a popularidade do Pontífice subiu de 34% para 53%.

Na divisão por status social, cerca de 77,3% dos viúvos admiram o Papa, seguidos pelos casados (69%) e pelos divorciados (63,3%), aos quais Francisco tem pedido aberturas e aceitação por parte da Igreja.

De acordo com o instituto, que é da Itália, a maioria da população do país também acredita que o Papa está dando novos ares à Igreja e que levará o catolicismo ao Terceiro Milênio.

[b]Fonte: Jornal da Mídia[/b]