O arcebispo de Cantuária, Dr. Rowan Williams, primaz da Igreja Anglicana, pediu calma, nesta segunda-feira, frente à onda de indignação que se estende no mundo muçulmano, pelo discurso do Papa na Universidade alemã de Regensburg, afirmando que os trechos ganham peso somente se retirados do contexto em que foram feitos.

“O Papa já se desculpou e acho que seu ponto de vista deve ser julgado a partir da integridade de seu discurso, no qual falou de forma muito positiva da necessidade de diálogo entre as religiões” _ afirmou o arcebispo anglicano.

“Há elementos no Islã que podem justificar a violência, assim como há no Cristianismo e no Judaísmo” _ enfatizou. “Essas crenças religiosas pertencem aos humanos, que são falíveis. Portanto, é preciso admitir que podem ser deformadas”, concluiu.

Fonte: Rádio Vaticano