Um grupo de homens armados seqüestrou hoje em Mossul, a 400 quilômetros de Bagdá, o arcebispo católico de rito caldeu da cidade, Boulos Faray, informaram fontes policiais.

Segundo informações, o motorista do religioso e dois seguranças que o acompanhavam foram mortos pelos seqüestradores.

A Polícia disse à Agência Efe que um grupo de homens armados atirou contra o veículo de Faray quando este passava por um bairro da zona norte da cidade.

As fontes não souberam dizer se Faray ficou ferido no ataque, ocorrido depois que o arcebispo tinha deixado a igreja na qual exerce seu ministério.

Fonte: EFE