O arcebispo de Brasília, dom Sérgio da Rocha, foi eleito nesta segunda-feira (20) presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Ele substituirá dom Raymundo Damasceno Assis, arcebispo de Aparecida, que estava no posto desde 2011, mas que havia anunciado que não concorreria à reeleição.

A escolha do novo presidente ocorreu durante a assembleia nacional dos Bispos, no Santuário Nacional de Aparecida.

O novo presidente foi escolhido ainda no primeiro escrutínio, com 215 votos, superando os 196 necessários (dois terços dos eleitores). A cerimônia de posse está marcada para sexta-feira (24), em Aparecida (SP).

O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, foi eleito vice-presidente e o bispo auxiliar de Brasília, Leonardo Steiner, continuará ocupando o cargo de secretário-geral da entidade.

Nascido em Dobrada (SP), dom Sérgio foi ordenado presbítero na Matriz do Senhor Bom Jesus de Matão, em São Paulo, em 1984. Em 2001, foi nomeado bispo auxiliar em Fortaleza. Em 2007, Bento 16 o nomeou arcebispo coadjutor de Teresina (PI) e, em 2011, arcebispo metropolitano de Brasília.

O novo presidente da CNBB graduou-se em filosofia e teologia. e concluiu doutorado em teologia pela Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma.

[b]Fonte: Folha de São Paulo[/b]