O arcebispo Emmanuel Milingo, excomungado pelo Papa, pediu em cartas enviadas ao Pontífice e a Conferência Episcopal de Estados Unidos a reinserção de sacerdotes casados e advertiu que, de outra maneira, a Igreja pode enfrentar uma cisma.

“Os padres e os bispos casados devem ser imediatamente ou gradualmente reinseridos na Igreja”, disse Milingo nas cartas.

As autoridades católicas, advertiu, deverão enfrentar uma nova cisma se não modificarem as regras, já que “uma nova Igreja Católica irá se formar, com ou sem a vossa benção”.

A associação Married Priest Now, fundada pelo bispo para reunir sacerdotes que se casaram, se reunirá em Nova York no dia 10 de dezembro.

Milingo pediu a reinserção dos sacerdotes com pleno serviço, constituição de uma prelatura ou vicariato, e abertura de seminários, para fazer frente as carências de paróquias e dioceses.

“Para fazer frente a esta crise há 25 mil sacerdotes casados prontos e desejosos por servir a Igreja e há homens casados que estão prontos para fazer os votos e serem ordenados”, disse.

“Existe uma grande urgência neste assunto. Se a exclusão de sacerdotes e bispos for revisada, então irá se preservar a unidade da Igreja”, disse.

Fonte: ANSA