Asaph Borba
Asaph Borba

Um dos maiores nomes da música cristã brasileira finalmente terá toda sua discografia disponibilizada nas plataformas de streaming digital. A novidade faz parte da campanha “Vem para o streaming”, organizada por gravadoras do segmento evangélico no Brasil. Dentre elas, a Som Livre, a atual casa de Asaph Borba.

Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, o diretor de Marketing da Som Livre, Márcio Moreira, contou como surgiu a ideia de disponibilizar todos os discos de Asaph Borba. “São 40 discos da carreira dele que estavam em versão física e esquecidas, porque o tempo é cruel e acaba deixando para trás o projeto. A gente vai reativar todo esse catálogo e pretendemos lançar a partir de dezembro até todo o ano de 2018”, contou.

Perguntamos por qual motivo ele ainda não tinha sua discografia nas plataformas e a resposta foi surpreendente. “Os discos ainda não estavam disponíveis porque o próprio Asaphe não tinha compreendido a dimensão e a força das plataformas digitais até bem pouco tempo. Ele tem um ministério consolidado de 40 anos ele vem de uma fase onde o disco físico era muito importante e por isso mesmo ele ainda não havia se dado conta da força das plataformas de streaming em uma conversa que a gente teve aqui na Som Livre”, pontuou Márcio.

“Eu mostrei para ele a força e a potência que é lançar uma música, principalmente de louvor, no digital porque apenas com um play você consegue alcançar o mundo inteiro com a mensagem de Deus e na mesma hora que ele entendeu isso falou sobre o catálogo dele que estava todo engavetado em sua casa. Então, a gente chegou nessa ideia de fazer um contrato onde a gente conseguisse abraçar toda a obra do Asaph Borba disponibilizando nas plataformas de streaming”, disse o diretor.

Processo de lançamento

Perguntamos se os discos serão lançados todos de uma vez e descobrimos que ainda faltam alguns detalhes a serem acertados. Márcio explica: “Eles vão ser lançados devagarinho. Muitos dos discos que a gente está falando carecem dos direitos autorais, que foram liberados na época que ele fez a versão física, mas agora para retornar em uma nova ou distribuição precisamos renovar essas liberações para serem divulgados nas plataformas digitais”, disse.

“A gente não vai ter muito problema com isso porque a obra dele é praticamente toda autoral, mas sempre há parcerias com outros compositores, participações especiais em algumas canções e a gente precisa ter essa autorização primeiro, para que assim a gente consiga disponibilizar nas plataformas. A gente já começou esse processo com todo o catálogo dele e em alguns casos a gente está tendo que refazer as capas, porque ele só tem a capa no produto físico e não em uma versão digitalizada. Então, na medida que a gente for conseguindo vencer essas questões autorais e a questão das capas a gente vai disponibilizando nas plataformas digitais e anunciando nas nossas redes”, salientou.

A campanha “Vem para o streaming” é uma iniciativa das gravadoras Som Livre, Sony Music, Universal Music Christian Group, Central Gospel Music, Mess Entretenimento, OniMusic e Musile Records. A missão desse desafio é fortalecer o segmento gospel no mercado de streaming digital, pois ainda não houve uma adesão tão forte do público religioso quanto a música gospel de forma digital.

Fonte: Guia-me