Asia Bibi, cristã de 45 anos, mãe de cinco filhos que foi condenada à morte sob a lei de blasfêmia do Paquistão, está muito doente em uma solitária na prisão do distrito de Sheikhupura, e há muitas preocupações sobre o seu estado de saúde.

[img align=left width=300]http://www.portasabertas.org.br/imagens/textos/id1443_101118.jpg[/img]De acordo com Jibran Khan, da agência de notícias Asia News. “A cristã condenada a morte por blasfêmia diante de evidências falsas, está doente com varicela devido às condições de higiene precárias em que está sendo mantida”.

Haroon Barket Masih, presidente da Fundação Masih, que está provendo assistência jurídica e financeira para Asia, emitiu um comunicado que dizia: “Asia Bibi foi diagnosticada com varicela. Ela está sendo mantida em uma solitária por mais de três meses. Estamos preocupados com sua saúde, porque ela passa 24 horas por dia trancada na cela”.

“Ela necessita de cuidados médicos, e condições decentes de higiene e saúde. Ela pegou varicela devido ao ambiente sujo em que está. Ela não pode limpar sua cela ou os lençóis onde dorme. Apesar de sua debilidade física, ela jejua e ora por todos, não se importando com sua saúde. Asia Bibi está preocupada com a atual situação do Paquistão. Estamos tentando providenciar ajuda médica, para assegurar um local saudável para ela. Até agora, ela não foi atendida por um médico.”

Masih continua: “O dia das mães foi comemorado recentemente na Europa. Todos nós comemoramos esse dia enviando cartas e cartões, mas quem se lembrou dessa mulher doente, jejuando e orando em sua cela? Será que ela não gostaria de estar com seus filhos também? Ela é mãe, e orou por seus filhos. Por favor, continue a orar por Asia Bibi, que tem jejuado e orado também”.

O bispo Anthony Rufin disse: “Estou muito triste com as notícias sobre Asia Bibi, sobre seu estado de saúde e a maneira como tem vivido. Oramos para que ela receba o tratamento. É um tempo muito difícil para as minorias no Paquistão, e incidentes de violência têm se tornado cada vez mais numerosos. Por quanto tempo viveremos em medo? Devemos trabalhar juntos em uma campanha que promova harmonia e tolerância. Oramos por paz no Paquistão; um país onde todos nós poderemos viver livremente”.

Asia Bibi foi presa em 19 de junho de 2009 após discutir com um grupo de mulheres de seu trabalho. Ao responder seus convites para aceitar o islamismo, Asia disse: “Jesus está vivo, mas Maomé está morto. Nosso Cristo é o verdadeiro profeta de Deus, e o seu não”.

Ao ouvir isso, as mulheres muçulmanas ficaram nervosas e começaram a agredir Asia, que foi levada sob custódia da polícia e depois condenada à morte.

[b]Fonte: Missão Portas Abertas [/b]