O sacristão da igreja do Bom Jesus, na cidade de Sousa, Alessandro Fernandes da Costa teve uma surpresa desagradável na manhã desta quarta-feira 13.

Ao abrir o templo religioso constatou que uma das urnas de recolhimento do dízimo e ofertas havia sido arrombada.

Na queixa prestada na Delegacia de Polícia, Alessandro disse que abriu a igreja por volta das 7h, como faz diariamente. Dirigiu-se ao setor administrativo e constatou que a urna havia sido arrombada e os valores guardados desaparecidos.

Uma guarnição da Polícia Militar esteve no local. Na igreja os policiais verificaram que a urna estava com manchas de sangue que provavelmente tenha sido do ladrão quando forçou para abrir o pequeno cofre.

Fonte: WSCOM