É o primeiro atentado contra cristãos no Cairo desde a destituição de Morsi. Dois homens chegaram de moto e um deles abriu fogo, segundo ministério.

Três pessoas morreram e nove ficaram feridas na ação de um atirador na noite deste domingo (20), no Cairo, quando deixavam uma igreja, anunciou o Ministério do Interior do Egito.

“Dois homens chegaram de moto, e um deles abriu fogo”, indicou o ministério.

O grupo tinha acabado de assistir a um casamento em uma igreja do bairro de Al-Warak.

Este foi o primeiro atentado contra cristãos no Cairo desde a destituição do presidente islamita Mohamed Mursi pelo Exército.

Uma autoridade do Ministério da Saúde elevou para 12 o número de feridos.

[b]Fonte: G1[/b]