Ator mexicano Edgar Vivar, o “Seu Barriga” do seriado Chaves
Ator mexicano Edgar Vivar, o “Seu Barriga” do seriado Chaves

O ator mexicano Edgar Vivar, conhecido por ter interpretado o personagem Seu Barriga, na série Chaves, falou sobre a Bíblia. Ele foi convidado a falar sobre os efeitos do bullying em uma entrevista e apontou a importância da ajuda divina.

Ele participou do programa de TV “Salvando Vidas” durante sua passagem pelo Paraguai, onde gravou duas edições explorando temas como bullying e suicídio.

Apresentado por Juan Cruz, o programa de TV é transmitido na América do Sul e nos Estados Unidos. Edgar Vivar foi ao Paraguai em julho para aumentar a conscientização sobre as consequências do bullying e do suicídio em 120 minutos de programação.

Edgar revelou que sofreu bullying quando era criança e também durante sua vida adulta. “Havia um garotinho que sempre me batia e eu não sabia por quê. Tenho certeza que ele também não sabia. Uma vez o enfrentei e ele me disse que me bateu porque não gostava de mim, pois eu havia engordado”.

O ator considera a situação alarmante e acredita que a atual difusão do bullying por meio das redes sociais torna isso ainda pior. “O bullying sempre esteve presente, mas agora ele piorou por conta da internet”.

Além disso, ele aconselhou as pessoas lerem a Bíblia. “Quando você lê a Bíblia, nunca mais é o mesmo”, destacou. “Com a ajuda de Deus e seus entes queridos, você pode olhar para a vida com novos olhos”.

Projeto Salvando Vidas

Há dez anos, o projeto Salvando Vidas se concentra na prevenção do suicídio, discriminação, aborto, uso de drogas e bullying entre estudantes. A iniciativa busca criar espaços para promover princípios saudáveis ​​com valores que ajudam contra problemas sociais.

A prevenção do suicídio, bullying, aborto entre outros males que a sociedade sofre são tratados sempre destacando Deus como a base principal. Além do Paraguai, o projeto Salvando Vidas está sendo desenvolvido atualmente em países como Argentina, Chile, Equador e Venezuela.

Fonte: Guia-me