Em crise financeira e demitindo vários profissionais de suas emissoras próprias, a Band renovou alguns contratos de cessão de horários com as principais igrejas evangélicas.

Segundo a revista Veja, recentemente um ajuste foi feito nos contratos com a Igreja Internacional da Graça de Deus, do Missionário R.R Soares, a Universal do Reino de Deus, do Bispo Edir Macedo, e Assembléia de Deus, do Pastor Silas Malafaia.

Somado todos estes montantes, a Band vai receber por ano 300 milhões de reais apenas com vendas de horários. Logicamente, o valor de cessão é maior, quando se conta outros locatários, que alugam faixas nos sábados e domingos de manhã, por exemplo.

Atualmente, R.R. Soares adquire uma hora no horário nobre da emissora do Morumbi. Já a IURD tem a faixa da madrugada, das 3h às 6h, além da Rede 21, que tem 22 horas de sua programação exibindo apenas pregação religiosa. E Silas Malafaia compra uma hora na faixa do meio-dia de sábado, onde normalmente fala de assuntos polêmicos e não prega tanto.

Vale considerar que, caso não vendesse esses horários, a Band poderia não ter tal faturamento e provavelmente estaria em uma situação ainda pior financeiramente.

[b]Fonte: Na Telinha – UOL[/b]