A violência atingiu a igreja da Paróquia N.S. das Graças, no bairro de Maria da Graça , na zona norte do Rio de Janeiro, na madrugada de sábado para domingo.

Os bandidos arrombaram nove cofres que guardavam o dinheiro arrecadado nas missas, tocaram fogo na biblioteca onde estavam os folhetos dos cânticos e livros religiosos e acertaram com marretadas o órgão, as caixas de som e um carro da paróquia. Uma imagem de Santa Rita foi jogada no chão.

Os bandidos ainda aproveitaram para comer o que tinha sobrado de um jantar realizado, no sábado à noite, para arrecadar fundos para a igreja. A hipótese mais provável é que eles tenham entrado por um dos vitrais, com uma escada que está sendo usada em uma obra no local.

Por volta das 4h, vizinhos alertaram o padre Carlos Pereira de Albuquerque e um diácono, Gilberto, de que a igreja estava pegando fogo. Os bombeiros conseguiram dominar o incêndio. Ninguém ficou ferido.

“Estamos fazendo um levantamento do que foi roubado. Não sabemos quanto dinheiro tinha nos cofres”, disse o diácono Gilberto, que está na paróquia há dois anos. Com a ajuda de cerca de 100 fiéis, os religiosos arrumaram a igreja durante toda a manhã. As missas de 7h e 10h foram canceladas. A 44ª DP vai apurar o caso. Essa foi a primeira vez que a igreja foi assaltada.

Fonte: Estadão