Um grupo de homens armados invadiram a igreja de São José da Lage, na Zona da Mata de Alagoas, na noite de sábado (22).

Os bandidos agrediram o padre Antônio Alexandre da Silva, de 51 anos, e ainda fizeram algumas pessoas reféns. A truculência foi tão grande que o padre precisou de atendimento médico após o asssalto.

Para ter acesso ao prédio, os criminosos disseram que uma fiel havia deixado a carteira no templo. Quando a mulher abriu a porta, os acusados invadiram o local com arma em punho.
Durante vinte minutos, o grupo fez seis pessoas reféns.

Eles foram mantidos reféns dentro de um quarto. Os criminosos chegaram a bater no rosto do padre, para que ele revelasse onde estava o cofre da igreja e os objetos de valor da igreja.

Na fuga, uma das vítimas foi levada, mas liberada em um trecho da rodovia BR-104, ainda em São José da Lage. O caso será investigado pelos agentes da Delegacia de São José da Lage.

[b]Fonte: Primeira Edição[/b]