Após se reconciliar com sua ex-esposa Suzanne, o televangelista Benny Hinn diz que Deus curou sua família “de um modo notável e milagroso”.

Em uma carta aberta publicada em seu site esta semana, Hinn disse que ele e Suzanne submeteram-se a “aconselhamento e supervisão” para melhorar seu relacionamento e agora estão “mais unidos do que nunca”.

Ele disse que os últimos três anos, antes e após seu divórcio, foram “dolorosos” e admitiu que o excesso de trabalho contribuiu parcialmente com sua separação.

“O que eu não sabia era que o processo de ministrar em todo o mundo teria um custo muito maior no meu casamento que eu poderia imaginar”, escreveu Hinn. ”Já cheguei a acreditar que meu ministério vinha antes de minha família, mas agora percebo que eu estava errado. Deus vem primeiro, depois a família, e só então o ministério.”

Os dois foram casados ​​por mais de 30 anos. Hinn também revelou que sua ex-mulher era viciada em medicamentos controlados algo que, segundo ele, também contribuiu para seus problemas conjugais.

“Ela se tornou dependente há quase 15 anos, e os medicamentos a faziam se comportar de forma inesperada, às vezes”, explicou. ”Eu não sabia da gravidade de sua dependência destes medicamentos, nem compreendo perfeitamente quantos danos eles estavam provocando nela, física e emocionalmente.”

Suzanne foi liberta durante uma cruzada de Benny Hinn no Betty Ford Center, em 2010 e hoje está “totalmente livre” de seu vício. Hinn disse ainda que ela pediu o divórcio em 2010 “porque estava em uma profunda crise emocional e física”. Em sua carta, ele agradeceu os fiéis por suas orações e garantiu que o seu ministério vai continuar, e terá Suzanne ao seu lado para o resto da vida.

Contudo, no final de sua carta, Benny Hinn fez uma correlação entre as perdas que sofreu em sua vida com a questão da prosperidade prometida, segundo ele, aos cristãos obedientes.

Como a chamada teologia da prosperidade voltou a ser muito debatida nesses anos de crise econômica americana, rapidamente vários comentários teológicos forma feitos sobre o fato de Benny Hinn estabelecer uma espécie de condição para a benção divina. Em especial, pelo impacto que seus ensinamentos ainda têm em todo o mundo, graças a suas cruzadas milagrosas e programas de TV.

O que motivou a polêmica é a porção de sua carta que diz:

“A prosperidade não é um acidente. Prosperidade é uma promessa de Deus. Somente quando obedecemos é que Ele nos abençoa e recompensa e então a prosperidade vem… Peço que você plante uma semente generosa em nosso ministério este mês… Assim, poderei orar por você pedindo três milagres específicos:

– Que cessem todas as perdas em sua vida.
– Que você tenha uma restauração total em suas finanças, sua vida e sua família. Deus irá devolver o que o gafanhoto comeu (Joel 2:25)
– Que a abundância total chegue até você.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]