A partir de agora, os portadores de deficiência visual terão acesso à Bíblia em braile. Na manhã deste domingo, a Prefeitura Municipal e a Câmara de Vereadores entregaram para a Bibliotheca Rio-grandense o exemplar que ficará à disposição da comunidade.

Os 66 volumes, divididos em capítulos e versículos, são a reprodução completa do Livro Sagrado e foram produzidos pela Sociedade Bíblia do Brasil. Conforme a secretária municipal de Educação, Sônia Tissot, o insentivo à leitura é uma das prioridades na rede de ensino e possibilitar o acesso à Bíblia é mais um investimento no trabalho de inclusão social. Para o presidente da Bibliotheca, Leon Coutelle, a expectativa é de que, através detas publicações em braile, os deficientes visuais estreitem sua relação com a entidade. “Gostaríamos muito de recebê-los aqui. Esta é a primeira obra completa, em braile, da Bibliotheca”, salientou Coutelle.

Em janeiro do ano passado, o Legislativo Municipal entregou para a Bibliotheca um livro com partes da Bíblia em Braile. Esta obra, incompleta, havia sido doada à Câmara de Vereadores por um homem que não quis se identificar. “Através daquela doação, tentamos atender a um desejo da comunidade. Por desconhecermos a linguagem braile não sabíamos que aquela obra não estava completa. Com a entrega de hoje, realizamos o que pretendíamos”, explicou o presidente da Câmara de Vereadores, Wilson Batista Duarte da Silva – Kanelão (PMDB).

Conforme o pastor evangélico Joel de Souza, a entrega da Bíblia é muito significativa, pois através dela são repassados ensinamentos sobre a importância de um bom caráter. “A palavra de Deus proporciona a formação de valores e princípios que precisam ser propagados”, salientou Souza.

Fonte: Jornal Agora