Câmara dos deputados em BrasíliaO bispo dom Irineu Roque Scherer, de Garanhuns (PE), disse que 96% dos parlamentares que integram a bancada evangélica no Congresso Nacional estão envolvidos em algum caso de corrupção. Ele também criticou os congressistas que se dizem católicos e também estão sendo denunciados por praticar irregularidades.

“Uma coisa foi mostrada que de 29 da bancada evangélica, 28 estão envolvidos em algum tipo de corrupção. Também muitos outros católicos estão na lista dos corruptos”, frisou Scherer, secretário de Comunicação das Santas Missões Populares, da Regional 2 Nordeste, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

O religioso está participando do Encontro dos Bispos da Regional, no Convento Ypuarana, em Lagoa Seca, que abrange os representantes das dioceses da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas. Dom Irineu aconselhou os católicos, nestas eleições, a saber os nomes dos parlamentares que estão na lista negra dos corruptos.

“Não votem neles. Eles já demonstraram que não têm uma confiança consistente nos representando tanto na Câmara como no Senado”, frisou o bispo. Em seguida, pediu aos fiéis que escolham pessoas que realmente são competentes, “pessoas que possam de fato nos representar dignamente como autoridades, dignas, justas que lutam para que o bem vença sobre o mal”.

Na oportunidade, ele questionou os programas sociais, apresentados como trunfos do governo federal. “As pessoas devem se sentir construtoras de si próprio, da sua família, sua comunidade e sociedade e não apresentarem projetos tipo Bolsa Família que de um lado traz um benefício, por outro lado, educa mal a sociedade. O Fome Zero, aquele dinheiro dado, fez o quê, isso deseduca. Não se deve dar o peixe pronto, mas ensinar o homem a pescar”, revelou Scherer.

Fonte: Jornal da Paraíba