O bispo de Paisley, Escócia, Dom Philip Tartaglia, disse, nesta quarta-feira, que está acontecendo algo de sinistro com a liberdade religiosa no Reino Unido.

O prelado endereçou uma carta pastoral aos fiéis, que foi lida no último domingo, em todas as igrejas, na qual se refere às normas de orientação sexual que, se entrarem em vigor no próximo mês de abril, obrigarão as agências católicas a considerar os casais homossexuais como possíveis pais adotivos.

“Esse episódio preanuncia tempos novos e incertos para a Igreja Católica no Reino Unido”_ ressalta Dom Tartaglia, sublinhando ainda que, tais normas obrigam a Igreja Católica a agir contra a própria fé e convicções religiosas.

As agências católicas terão tempo até o final de 2008, para endereçar os casais homossexuais a outras agências. A seguir, serão obrigadas a escolher também os casais homossexuais como possíveis pais adotivos.

Fonte: Rádio Vaticano