O XVI Congresso Extraordinário da Assembléia Permanente dos Direitos Humanos da Bolívia (APDHB) elegeu o bispo emérito metodista, Rolando Villena, como presidente da entidade.

“Estamos muito surpresos com essa eleição. Nestes tempos de dificuldade na Bolívia, este é um novo desafio para a Igreja Evangélica Metodista na Bolívia (IEMB). São tempos de mudança na busca de um viver harmônico entre todos na perspectiva do Reino de Deus e da justiça”, disse o bispo Carlos Poma, ao inteirar-se da decisão.

Junto com a Igreja Católica e outras instituições, a IEMB é fundadora da APDHB.

Em comunicado à imprensa, a IEMB desejou a Villena uma boa gestão na defesa dos direitos humanos, “como instrumento fundamental para solucionar as diferenças que vive o país neste momento em que a unidade da Bolívia está em perigo”.

Poma fez um chamado a todas as igrejas cristãs no mundo e às instituições que lutam pelos direitos humanos para que orem pela Bolívia “na busca de uma luz no fim do túnel, de uma esperança de melhores dias, de viver com alegria, em amor, paz e com a integridade de todos”.

Fonte: ALC