Igreja Universal do Reino de Deus
Igreja Universal do Reino de Deus

A TVI, uma das principais emissoras de TV de Portugal, revelou que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) esteve, nos anos 90, por detrás de uma rede internacional de adoções ilegais que fez com que várias mães portuguesas ficassem sem os seus filhos.

Segundo a TVI, a igreja operava um lar ilegal (o Lar Universal) que acolhia crianças entregues pela Segurança Social ou pelas próprias mães e as entregava a bispos e pastores da IURD.

Desta maneira, e à revelia das mães, as crianças eram desvinculadas da sua família biológica e até levadas para fora de Portugal, sobretudo para o Brasil e EUA onde eram adotadas de forma irregular, inclusive, por pastores da Universal.

Ainda segundo a TVI, até os netos de Edir Macedo, o líder e fundador da IURD, foram retirados desse lar e adotados de forma ilegal. São os filhos das suas duas filhas.

A revelação deste tráfico internacional de crianças veio após  ampla investigação que durou cerca de 7 meses e que será exibida na TVI, em Portugal, partir de hoje até o dia 22 de dezembro, através de uma série de dez reportagens sobre a Igreja Universal, com o nome O Segredo dos Deuses.

“A Igreja Universal do Reino de Deus tinha, na década de 1990, um lar ilegal de crianças, em Lisboa, de onde desapareceram vários menores roubados de suas mães”, informou a TVI, já adiantando que esta promete ser uma das notícias mais comentadas do ano.

Fonte: TVI