A doação é destinado ao suporte de numerosos projetos pastorais e missionários.

A Conferência episcopal estadunidense doou uma quantia que chega a quase dois milhões de dólares à Igreja na América Latina. A soma é fruto da coleta de fundos feita anualmente para o subcontinente.

Esse fundo é destinado ao suporte de numerosos projetos pastorais e missionários. Nesse ano, 27% dos recursos foram alocados a programas de formação para religiosos, seminaristas e sacerdotes; 14% aos programas de pastorais juvenis; e cerca de 12% à formação de agentes pastorais leigos.

Os outros 50% foram destinados a uma vasta gama de projetos, entre os quais atividades de catequese, iniciativas pró-vida, programas de pastorais indígenas, obras de promoção humana, mídia, formação bíblica e evangelização.

Essa coleta para a América Latina é feita há 45 anos e é preferencialmente usada em projetos pastorais, mas também em reconstrução de igrejas e estruturas em áreas destruídas por calamidades naturais. Neste último caso, por exemplo, incluem-se o Haiti e o Chile, ambos atingidos por graves terremotos no ano passado.

[b]Fonte: Rádio Vaticano[/b]