Em entrevista, o vocalista do U2 confessa que ora para Cristo para compreender a vontade de Deus.

“A pessoa de Cristo é o meu modo de entender a Deus”, declarou o cantor Bono Vox, líder da banda irlandesa U2, em entrevista ao canal de televisão nacional da Irlanda, RTE. Na entrevista, Bono falou sobre a sua relação com a religião.

O cantor explicou que recorre à bíblia “para ver a verdade poética e os fatos históricos” que ela envolve e ensina, principalmente Cristo.

“Eu oro para conhecer a vontade de Deus”, acrescentou. “Oramos com os nossos filhos, lemos as escrituras… Não é uma coisa regular. Às vezes, vamos à igreja aos domingos. Normalmente, oramos pelas pessoas que conhecemos e que estão lutando contra alguma dificuldade, contra doenças…”.

Para Bono, “a pergunta fundamental para o cristão” é “Quem é Cristo?”.

“Eu acho que não podemos responder dizendo apenas que ele é ‘um grande pensador’ ou ‘um grande filósofo’. Ele dizia que era o Messias e foi crucificado. Ele foi crucificado porque dizia que era o Filho de Deus. Do meu ponto de vista, ou ele era mesmo o Filho de Deus ou era louco”.

“Acho difícil aceitar que milhões e milhões de vidas, metade do mundo, durante dois mil anos tenham se sentido tocadas, tenham sentido a própria vida tocada e inspirada por um louco. Eu não acredito nisso”, acrescentou.

Bono acredita que Jesus era realmente Deus, que ressuscitou dos mortos e que as suas promessas serão cumpridas.

[b]Fonte: Aleteia[/b]