O vocalista da banda irlandesa U2, Bono, e vários outros artistas protestaram hoje em Yokohama (centro do Japão) junto com cerca de 1.500 pessoas contra a pobreza no mundo.

“Apesar da chuva, havia mais de mil pessoas reunidas”, disse à Agência Efe o cantor colombiano Juanes, que também participou do protesto.

Os participantes do evento, conhecido como “One for All” (“Um por Todos”), se reuniram para pedir aos líderes dos países mais industrializados que mantenham sua promessa de ajudar as pessoas que vivem na pobreza, antes da Cúpula do G8 em Hokkaido (norte do Japão), em julho.

Antes do protesto, Bono e Juanes se reuniram por meia hora e discutiram os problemas que afetam África e América Latina.

“Bono disse que quer viajar ao México para a cerimônia de premiação da MTV e que também quer voltar em breve à Colômbia, que afirmou ser o país mais agradável da América Latina”, disse Juanes.

Os dois artistas falaram sobre a realidade atual da região latino-americana e discutiram especialmente os seqüestros e a morte do ex-número um das Forças Armadas Revolucionárias Colombianas (Farc) “Tirofijo”.

“Bono estava muito interessado por tudo que acontece na América Latina e disse que estava disposto a fazer de tudo para ajudar”, disse o cantor colombiano.

O protesto coincidiu com a segunda jornada da Conferência Internacional para o Desenvolvimento da África, que acontece em Yokohama até amanhã, e que conta com a presença de representantes de 52 países africanos.

Fonte: EFE