A equipe da Pontifícia Universidade Gregoriana, praticamente formada por brasileiros, foi goleada por 6 a 0 em sua estréia pela Clericus Cup, Copa do Mundo para padres e seminaristas, iniciada neste sábado na Itália.

Todos apostavam na vitória do time brasileiro sobre os seminaristas do colégio Matter Ecclesiae, que contou basicamente com mexicanos, equatorianos e colombianos. Porém parece que a falta de forma física atrapalhou os planos.

A Santa Sé promove a competição, chamada de “O Mundial do Vaticano”. O pontapé inicial da competição foi dado pelo cardeal italiano Pio Laghi, que em 2003 foi enviado por João Paulo II aos EUA para convencer George Bush a buscar uma solução pacífica para a crise iraquiana.

O Mater Ecclesiae conta com jogadores como o camaronês Salomon M’Moo, que assegurou ser da mesma tribo que o atacante Samuel Eto’o, do Barcelona.

O campeonato acontece no campo de grama artificial no Oratório de São Pedro, de onde é possível pode observar a grande cúpula da Basílica de São Pedro.

Fonte: EFE