Bruxas de todo o mundo estão sendo convidadas a participarem de um feitiço em massa para “amarrar” o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O ritual está previsto para acontecer nesta sexta-feira (24).

[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/smart/media.guiame.com.br/archives/2017/02/24/2423106785-donald-trump.jpg[/img]Organizado por uma página no Facebook, o evento denominado “Amarre o Trump” tem mais de 4 mil adeptos e pretende realizar o feitiço em todas as noites de lua crescente, à meia-noite, até que o presidente seja removido de seu cargo.

“Este feitiço de amarração é um código aberto e pode ser modificado para se adequar à sua prática espiritual ou sistema de magia preferido — os elementos críticos são a simultaneidade do trabalho e a energia de massa dos participantes”, explica a organização.

A página detalha como o ritual deve ser feito e todos os adereços necessários para o feitiço incluindo uma foto “pouco favorável” de Trump, um tarô de torre, um pequeno toco de vela laranja e um prego pequeno.

Enquanto as bruxas se organizam para realizar seus rituais, um grupo de cristãos tem usado a oração para se colocar contra o feitiço.

“Embora este tipo de ataque contra os crentes e servos de Deus não seja novidade, este exemplo se destaca, porque eles estão tentando recorrer à ajuda de liberais não-religiosos. Essas pessoas, principalmente jovens que não concordam com o governo de Trump, podem ser um campo fértil de recrutamento para grupos satânicos”, afirma Kevin Ambrose, da Aliança Nacionalista Cristã.

“Esta é uma declaração de guerra espiritual e exige uma resposta. Por isso, a Aliança Nacionalista Cristã está anunciando um Dia de Oração em cada um desses dias”, anunciou Kevin.

“Suplicamos a todos os guerreiros cristãos que respondam a este chamado lendo o Salmo 23. Nós pedimos que se juntem a nós para orar com força pela nossa nação, pelos nossos representantes eleitos e pelas almas dos perdidos que pretendem usar as armas satânicas contra nós”, ele acrescentou.

[b]Fonte: Guia-me[/b]