O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pedirá hoje a Israel que “suavize as restrições aos palestinos” e que faça “duros sacrifícios” em prol de uma solução para o conflito.

Ainda neste domingo, Bush discursará na abertura do Fórum Econômico Mundial, em Sharm el-Sheikh.

Em seu pronunciamento, que já teve trechos repassados à imprensa pela Casa Branca, o governante americano defenderá o processo de paz com os palestinos, “que sofreram durante décadas e ganharam o direito à sua pátria”.

“Apóio energicamente uma solução de dois Estados: uma Palestina democrática, baseada na lei e na justiça, que viva em paz e segurança junto a um Israel democrático”, diz o discurso de Bush.

O presidente dos Estados Unidos também reforçará sua intenção de apoiar um acordo de paz entre palestinos e israelenses até dezembro, ou seja, antes do fim de seu mandato.

“Israel deve fazer duros sacrifícios para a paz e suavizar as restrições aos palestinos”, destaca o discurso, que acrescenta que “os países árabes, especialmente os ricos em petróleo, devem aproveitar esta oportunidade para investir no povo palestino e superar velhos rancores em relação a Israel”.

Fonte: EFE