O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou nesta terça-feira que mantém suas esperanças de chegar a um acordo de paz entre israelenses e palestinos antes do final de seu mandato, em janeiro.

Em entrevista coletiva no Jardim da Casa Branca, Bush afirmou que continua com esperanças de “que haverá um acordo” até o final de sua Presidência, um dos objetivos que estabeleceu para seu último ano na Casa Branca.

O líder americano deve realizar uma viagem pelo Oriente Médio em meados de maio para impulsionar estas negociações, atualmente estagnadas. Em suas declarações, Bush acusou o Hamas, que controla a Faixa de Gaza, de prejudicar os esforços para conseguir a paz na região.

“A paz no Oriente Médio vai ser difícil, mas o que torna ainda mais difícil são grupos como o Hamas, que insistem em lançar foguetes contra Israel, tentando provocar uma resposta e tentando desestabilizar a região ainda mais”, declarou Bush.

Fonte: EFE