A Câmara dos Deputados pretende realizar na próxima semana audiência pública para discutir o projeto de lei 5534/09, que proíbe a transmissão de MMA (artes marciais mistas) na TV.

A ideia é debater o projeto do deputado José Mentor (PT-SP), que veta a exibição de lutas marciais violentas não olímpicas na televisão.

A proposta atinge diretamente o UFC (campeonato de MMA), que virou febre na TV brasileira. Além de um reality show de lutadores, a Globo exibe etapas do UFC e possui um canal pago dedicado ao assunto: o Combate.

De acordo com o PL, que ainda não foi votado, a pena para a emissora que descumprir a determinação vai de multa de R$ 150 mil a perda da concessão.

Para a audiência pública foram convidados Anderson Silva, lutador de MMA, o diretor de esportes da Globo, Marcelo Pinto, o diretor do Canal Combate, Pedro Garcia, e o professor de filosofia da PUC-SP Mário Sérgio Cortella, entre outros. Eles ainda não confirmaram presença.

“Só depois desse debate aprofundado vamos encaminhar o projeto para votação”, diz o deputado Sibá Machado (PT-AC), autor do requerimento da audiência pública.

“Não queremos que a TV incentive a violência entre os jovens e vamos ouvir a opinião de todos sobre isso.”

[b]Fonte: Folha de São Paulo[/b]