Candidatos a deputado apoiados por grandes líderes evangélicos foram eleitos para mandatos na Câmara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas de seus estados.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) comemorou o fato de que seis dos oito indicados por ele foram eleitos. Para o mandato na Câmara, com o apoio do pastor Silas Malafaia foram eleitos Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ), com 104 mil votos; Gilberto Nascimento (PSC-SP), que retorna a Brasília após oito anos com 120 mil votos; e Fabio Souza (PSDB-GO), eleito com 82 mil votos.

Nas Assembleias Legislativas, Malafaia conseguiu reeleger seu irmão Samuel Malafaia (PSD-RJ), com 140.148 votos; Lula Cabral (PSB-PE), com 50 mil votos; e Albert Dickson (PP-RN), com 37 mil votos.

No Twitter, Silas Malafaia comemorou o sucesso nas indicações de candidatos e teceu críticas aos institutos de pesquisa que erraram de forma significativa quanto às intenções de voto em todo o Brasil.

O missionário R. R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus (IIGD), conseguiu eleger seus dois filhos, Filipe e Marcos Soares (PR-RJ), para mandatos como deputados estadual e federal respectivamente. O primeiro obteve 39 mil votos, enquanto o segundo chega a Brasília com 44 mil votos.

Já o apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, saiu-se bem em dois estados: São Paulo e Rio de Janeiro.

O missionário José Olímpio (PP-SP), apoiado por Valdemiro, conseguiu se reeleger com mais de 154 mil votos. No Rio de Janeiro, o apadrinhado do apóstolo era Francisco Floriano (PR-RJ), que foi reeleito deputado federal com mais de 47 mil votos.

A Igreja Mundial também conseguiu eleger um deputado estadual no Rio de Janeiro: Milton Rangel (PSD-RJ) terá um mandato na Assembleia Legislativa do estado a partir de 2015 com 28 mil votos.

[b]Fonte: Gospel +[/b]