A candidatura à presidência do Paraguai, do bispo emérito de San Pedro, Dom Fernando Armindo Lugo Méndez, teve seu caminho aberto, na última quinta-feira, rumo às eleições, que se realizarão no dia 20 de abril, depois que o prazo para a apresentação de impugnações venceu à noite, segundo informaram porta-vozes do sistema eleitoral.

A Justiça Eleitoral não recebeu nada que impedisse a postulação de Dom Lugo Méndez à presidência.

A possibilidade de impugnar a candidatura do bispo fora mencionada duas semanas atrás, por dirigentes do partido no governo _ Colorado _ sob a argumentação de que o candidato da oposição é um bispo e, portanto, constitucionalmente impedido de concorrer ao cargo de chefe do Executivo no país.

Dom Fernando Armindo Lugo Méndez foi suspenso de suas funções eclesiásticas pela Santa Sé, pelo fato de estar imiscuído em atividades políticas. O bispo alega ter solicitado seu retorno ao estado não clerical, mas seu pedido de renúncia ao estado clerical não foi aceito pela Santa Sé.

Sua candidatura é apoiada pela Aliança Patriótica para a Mudança, integrada pelo Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA) _ principal partido da oposição _ a Democracia Cristã e pequenos grupos da esquerda.

Fonte: Rádio Vaticano