O secretário de Estado vaticano, Cardeal Tarcisio Bertone, viveu hoje seu segundo dia de visita ao Azerbaijão. Após a chegada ontem, quinta-feira, à capital, Baku, o cardeal se encontrou com o primeiro-ministro Rasi-zadeh, em que se reiterou a importância de uma proximidade pacífica entre os Estados para a estabilidade dos equilíbrios internacionais.

Em seguida, o purpurado inaugurou hoje, em nome do papa, a igreja da Imaculada Conceição. Trata-se de um sinal de autêntica “tolerância religiosa”, numa terra de maioria muçulmana, declarou o cardeal-secretário de Estado.

O segundo dia do Cardeal Bertone em Baku foi iniciado com a deposição de uma coroa de flores sobre o túmulo do presidente Heydar Aliyev. Uma personalidade recordada pelo próprio purpurado em seu discurso pronunciado durante a cerimônia de inauguração da igreja da Imaculada Conceição. De fato, Aliyev doou a João Paulo II, por ocasião da visita do papa polonês ao país, em 2002, o terreno sobre o qual foi construída a primeira igreja católica do Azerbaijão.

Foi então “uma prova da vontade de Aliyev de fazer da tolerância religiosa um verdadeiro pilar” da República caucásica, precisou o purpurado, uma vocação prosseguida com paixão e concretizada com a construção de uma casa para os sem-teto, administrada pelas irmãs de Madre Teresa de Calcutá.

Fonte: Rádio Vaticano