A Casa Branca respondeu na segunda-feira aos comentários adversos de Franklin Graham sobre o presidente Barack Obama, chamando as acusações de “absurdas.”

“Acho que é lamentável que um líder religioso escolha o domingo de Páscoa para fazer acusações absurdas,” disse o porta-voz Jay Carney aos jornalistas quando questionado sobre o apoio aparente de Graham para a questão da certidão de nascimento.

Graham, presidente/CEO da Associação Evangelística Billy Graham, impulsionou a credibilidade da alegação de ser nascido nos EUA – alegando que Barack Obama não nasceu nos Estados Unidos e, portanto, não está qualificado para ser presidente dos Estados Unidos – quando disse a Christiane Amapour da ABC News que não sabe por que Obama não pode simplesmente produzir sua certidão de nascimento e acabar com a controvérsia.

“Eu nasci em um hospital em Ashville, NC, e eu sei que meus registros estão lá. Provavelmente, você pode até mesmo até lá e descobrir o quarto de minha mãe estava quando eu nasci,” disse Graham no “This Week”.

“Não sei porque ele não pode providenciar isso.”

O filho mais velho do famoso evangelista Billy Graham, que muitas vezes era carinhosamente chamado de ‘pastor para os presidentes,’ também parecia questionar a definição de Obama de Cristão quando ele foi questionado se ele acredita que Obama é um Cristão ou Muçulmano. Graham disse que Obama tem dito que é um Cristão, mas o líder evangélico disse que o debate é como é que Obama define Cristão.

“Para ele, ir à Igreja significa que ele é um Cristão. Para mim, a definição de um Cristão é saber que temos dado a nossa vida a Cristo e seguí-lo na fé, e temos confiança nele como nosso Senhor e Salvador,” disse o presidente da AEBG. “Essa é a definição de um Cristão, não é a que você é membro da Igreja. A associação não faz de você um Cristão.”

Mais tarde, o mesmo programa da ABC, Dr. Richard Land, porta-voz de política pública para a Convenção Batista do Sul, denunciou aqueles que acreditam que Obama é um Muçulmano secreto.

“Acho que eles são irracionais, e um pouco desequilibrados,” disse Land durante a parte da mesa redonda “This Week.” “Não tenho nenhuma dúvida de que Barack Obama é típico Protestante do século 21. Ele chegou, e converteu à fé cristã, como ele diz pelo reverendo Wright.”

Os proeminentes líderes cristãos fizeram parte de um especial de Páscoa no “This Week” da ABC, onde discutiram questões relacionadas a Deus e ao governo.

[b]Fonte: Christian Post[/b]

Notícia relacionada: [url=https://folhagospel.com/modules/news/article.php?storyid=17588]Franklin Graham está incomodado com Obama[/url]