O pastor luterano Francisco Carrillo e sua mulher Jesús de Carrillo, também pastora, foram mortos a tiro na noite de sábado, ao deixarem o templo da Igreja Montes de Pensbert, no município de Jayaque, no departamento de La Liberdad.

Ao comunicar o assassinato na rede nacional de pastores, o bispo Medardo Gómez expressou dor e convidou luteranos e luteranas para uma jornada nacional de oração nacional. Ele pedirá às autoridades competentes uma profunda investigação do caso.

O casal Carrillo atendia duas congregações em Jayaque, uma localizada no centro do Povo de “Jayaque” Pão de Vida, onde rezavam culto aos domingos, e na igreja de Pensbert, onde se reuniam em culto aos sábados à tarde.

Segundo testemunhas, três pessoas de aparência jovem aproximaram-se do casal de pastores e após efetuarem os tiros fugiram em disparada do local. Francisco e Jesús serão sepultados em Jayaque.

Nota assinada pela reverenda luterana Cecilia Alfaro pede orações para o consolo da família luterana e diz que o bispo Medardo está muito preocupado com o todo da igreja, “já que a situação nacional apresenta panorama muito desalentador”. Mais de um sacerdote católico perdeu a vida nas mesmas circunstâncias e outros estão ameaçados de morte, prossegue a nota, acrescentando que muitas famílias salvadorenhas foram atingidas dessa maneira.

A pastora Cecília pede da comunidade internacional uma campanha de sensibilização para mostrar repúdio às autoridades salvadorenhas e buscar a superação “desse estado público de violência generalizada que estamos vivendo”.

Fonte: ALC