A Holanda registrou no ano passado um aumento de 13 por cento nos casos de eutanásia e suicídios assistidos, informou o governo, reavivando o debate sobre a criação de centros específicos para ajudar as pessoas a terminarem suas vidas.

O relatório anual das comissões regionais que fiscalizam a lei de eutanásia mostrou que houve 2.636 casos em 2009, ou seja, 2 por cento de todas as mortes ocorridas no ano passado na Holanda.

Do total de casos, mais de 80 por cento eram pacientes de câncer, e mais de 80 por cento ocorreram na casa do doente.

Em 2008, o número de eutanásias e suicídios assistidos já havia subido 10,5 por cento.

[b]Fonte: Reuters[/b]