O número de brasileiros que não possuem religião hoje representa 8% da população brasileira.

Dados do Censo Demográfico 2010, divulgados nesta sexta-feira (29), mostram que o número de brasileiros que não possuem religião teve um aumento de 0,6 pontos percentuais nos últimos dez anos, e hoje representa 8% da população brasileira –o que corresponde a 15,3 milhões de pessoas.

Na mesma pesquisa feita há dez anos, esse número era de 12,5 milhões (7,3%). A maior incidência foi registrada entre os homens de 20 a 24 anos, especialmente na região Sudeste. Até 2000, tal categoria era sustentada basicamente pelo grupo etário de 0 a 4 anos.

A população que se declarou sem religião se distribui por várias outras áreas do país, sendo menor na região Sul e nos Estados de Minas Gerais, Piauí, Ceará e interior dos demais Estados nordestinos, bem como do Amazonas e do Pará, com proporções de até 5%.

Até 1872, nenhum cidadão brasileiro se declarava sem religião, de acordo com o IBGE. Os indícios da existência desse grupo começaram a aparecer em 1890, juntamente com a chegada da religião evangélica no país. Desde então, o crescimento é vertiginoso: há, por exemplo, mais pessoas que não têm religião do que adeptos do espiritismo.

[b]Fonte: UOL[/b]