Pastor Will Graham, neto de Billy Graham
Pastor Will Graham, neto de Billy Graham

Centenas de pessoas na Escócia aceitaram a Cristo em um evento de reavivamento oferecido pelo neto de Billy Graham, Will Graham, no último final de semana.

O filho mais velho de Franklin Graham falou na Celebração da Esperança na Escócia Central, uma cruzada de três dias organizada pela Associação Evangelística Billy Graham no Estádio Falkirk.

Em um dos quatro cultos evangelísticos, ele disse à multidão que Jesus é “diferente de qualquer outra pessoa na história humana”.

“Jesus nunca pecou. Ele trouxe as pessoas de volta à vida. Ele curou, Ele restaurou a visão aos cegos e Ele é o único que morreu pelos seus pecados”, disse Graham, de acordo com um comunicado de imprensa. “Jesus Cristo não está morto. Ele está vivo hoje e quer entrar em sua vida!”, afirmou Graham.

De acordo com a Associação, um total de 9.533 pessoas compareceram à celebração, com mais de 700 dessas pessoas respondendo ao convite de Graham para “fazer um compromisso com Cristo”.

A Associação Evangelística Billy Graham também relata que o evento de vários dias contou com um “KidzFest”, onde mais de 200 crianças “disseram sim a Deus”.

O evento também contou com apresentações musicais de artistas cristãos populares como The Newsboys, Aaron Shust e The Afters.

O pastor local Michael Rollo, da Found Church, em Falkirk, que desempenhou um papel importante ao convidar Graham para falar em Falkirk, expressou alegria pelo fato de centenas de pessoas terem entregado suas vidas à Cristo.

“Acreditamos que as pessoas perceberão que Deus está vivo na Escócia”, afirmou Rollo em um comunicado. “Acreditamos que as igrejas serão encorajadas através de tudo o que aconteceu neste final de semana. Foi simplesmente fantástico.”

A Celebração da Esperança na Escócia Central foi realizada em conjunto com cerca de 200 igrejas locais, segundo relatórios da Rádio Cristã Premier .

Lee Searle, diretor de ministérios da Associação Evangelística Billy Graham no Reino Unido, disse à Premier que o evento mostra que “ainda existe uma paixão pelo evangelismo em massa no Reino Unido”. Ele acrescentou que muitos dos que vieram a Cristo no fim de semana “pode ​​não ter sido apresentado antes com essa oportunidade.”

“Juntamente com os milhares que encontram Cristo através do nosso evangelismo na Internet, estamos vendo uma nova fome por Cristo”, disse Searle. “As pessoas não sabem onde transformar sua vida. Usamos esses eventos para dizer a eles que há uma esperança real e seu nome é Jesus. Mas também estamos fazendo esses eventos com urgência. Como Will Graham nos lembrou neste fim de semana quando ele pregou, as pessoas estão indo para o Inferno e nós queremos apontá-los para Jesus, com urgência. Nenhum de nós sabe quanto tempo nós temos.”

Como muitos dos Grahams, Will Graham é um evangelista que já pregou em seis continentes desde que seu ministério começou em 2006.

De acordo com a Associação Evangelística Billy Graham, o evento na Escócia concluiu uma série de três meses consecutivos de eventos que se estenderam por três continentes – América do Norte, Austrália e Europa. Graham planeja viajar para o Canadá e Tailândia no final deste ano para realizar eventos de vários dias.

Graham não parece enfrentar o mesmo tipo de reação que seu pai enfrentou em seu plano de falar no Reino Unido ainda este ano no Lancashire Festival of Hope .

Uma petição assinada por mais de 8.000 pessoas pediu ao governo do Reino Unido que negue a Franklin Graham um visto para que ele não possa falar em setembro, alegando que seu discurso provavelmente “promoverá preconceito e ódio”.

“Eu não acho que já estive em nenhum país onde todos apoiaram – há sempre igrejas ou grupos que não gostam da minha teologia ou que nos associam a esse ou aquele grupo”, disse Franklin Graham ao Premier em uma entrevista.

“Eu não estou vindo para pregar ódio, estou aqui para pregar sobre um salvador – Jesus Cristo que pode fazer a diferença em nossas vidas se depositarmos nossa fé e confiança nele.”

Após a morte de seu avô no início deste ano, Will Graham prometeu continuar o lendário ministério de Billy Graham e afirmou que “precisamos pregar como se Cristo estivesse voltando em nossa vida”.

“Ele não escondeu nada”, disse Graham sobre seu avô após sua morte. “Eu sempre fui ousado, eu acho, mas quando você estuda meu avô, percebe que ele levou isso a um novo nível.”

Fonte: The Christian Post