Um cinema no sudeste dos Estados Unidos cancelou as exibições do remake da Disney ‘A Bela e a Fera’ porque o filme inclui um personagem gay.

[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/smart/media.guiame.com.br/archives/2017/03/04/2946937394-bela-e-fera.jpg[/img]Os proprietários cristãos de um cinema drive-in no Alabama disseram que só mostrariam “filmes orientados para a família”, para que seus clientes ficassem “tranquilos para assistir a filmes saudáveis ??sem se preocupar com cenas de sexo, nudez, homossexualidade ou linguagem obscena”.

A versão ‘live-action’ de ‘A Bela e a Fera’ – que irá estrelar atores reais – é o primeiro filme da Disney a deixar claro que um de seus personagens é homossexual.

O cinema drive-in ‘Henagar’ publicou em sua página no Facebook: “Quando as empresas continuamente forçam suas opiniões sobre nós, precisamos tomar uma posição”.

“Todos nós fazemos escolhas e nós estamos fazendo a nossa. Se não podemos levar os nossos netos de 11 e 8 anos para ver um filme, não temos porque assistir a ele”, acrescentou a nota.

No comunicado, os donos do cinema deixaram clara a sua declaração de fé cristã e asseguraram que não vão fazer algo que vá contra seus princípios.

“Sabemos que haverá alguns que não concordam com esta decisão, mas isso é bom”, confessou. “Somos primeiramente e acima de tudo cristãos. Não vamos comprometer o que a Bíblia ensina”.

O post atraiu críticas e também elogios no Facebook, com milhares de pessoas deixando comentários. Após a grande polêmica, a publicação e também página oficial do cinema foram removidos. Os proprietários da empresa ainda não se pronunciaram sobre a desativação da fanpage.

[b]Fonte: Guia-me[/b]