O Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI), reunido em Assembléia Geral em Buenos Aires, Argentina, aprovou, por unanimidade, a incorporação de novos membros, plenos e fraternais.

A decisão foi tomada na plenária desta terça-feira, 20, pelos delegados de 19 países do continente presentes no evento.

Foram recebidas a Igreja Evangélica Livre e a Fraternidade de Igrejas Batistas, de Cuba; a Igreja Metodista e a Episcopal, da Colômbia; a Federação de Associações de Igrejas Batistas e a Igreja de Deus, da República Dominicana.

Nesta mesma categoria foram integradas ao CLAI a Federação de Associações de Igrejas Batistas, a Igreja Luterana e a Igreja Morava, da Costa Rica; a Igreja Reformada Calvinista, de El Salvador; a Diocese Anglicana, a Igreja dos Peregrinos e a Luterana, do Peru; a Associação de Igrejas Indígenas Evangélicas, do Equador. As organizações mencionadas serão acolhidas como membros plenos do Conselho a partir desta Assembléia.

A Igreja Batista Nazaré, do Brasil, a Presbiteriana Independente, da Bolívia, e a Metodista Nicaragüense foram incorporadas por decisão da Assembléia como membros fraternos do CLAI.

Nessa mesma categoria foram aceitos no quadro do CLAI os seguintes organismos: a Comissão Ecumênica Nacional de Combate ao Racismo (CENACORA), do Brasil; a Comunidade Cristã Mesoamericana (CCM), de Honduras; o CEDEPCA, da Guatemala, e a Comunidade Teológica do México. Passarão também a fazer parte do CLAI o Serviço Ecumênico de Apoio e Orientação, e a Juventude para Cristo, do Uruguai.

A V Assembléia do CLAI está reunida no Colégio Ward, em Buenos Aires, e termina neste domingo, dia 25. Na quarta-feira foram realizadas as eleições, que renovarão as autoridades do organismo ecumênico.

Fonte: ALC