A Campanha da Fraternidade de 2010 será ecumênica. O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Geraldo Lyrio Rocha, informou pessoalmente o presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), pastor Carlos Möller, que a Assembléia dos Bispos aprovou a solicitação do organismo ecumênico.

“Receba nosso agradecimento pela clarividência da CNBB na decisão de realizar a Campanha da Fraternidade Ecumênica em 2010”, expressou o pastor Möller ao saber da novidade. Essa será a terceira vez que a Campanha da Fraternidade será realizada em conjunto com outras igrejas. A primeira edição foi em 2000 e a segunda em 2005.

Acompanhado do vice-presidente da CNBB, o arcebispo de Manaus, dom Luiz Soares Vieira, do secretário-geral, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro, dom Dimas Lara Barbosa, dom Geraldo visitou a sede do CONIC em Brasília, na segunda-feira, 20, quando entregou ao presidente do CONIC livro contendo os discursos que o papa Bento XVI proferiu quando de sua visita ao Brasil, em maio.

Num clima descontraído e de muita liberdade, os religiosos abordaram outras questões ligadas à atuação da CNBB e do CONIC que, neste ano, comemora 25 anos. As duas instituições demonstraram a preocupação e o desejo de ampliar o diálogo com as igrejas pentecostais.

O presidente do CONIC reportou-se, ainda, à comemoração dos 25 anos da entidade, da qual a CNBB é co-fundadora. Para celebrar a data será realizado, de 15 a 17 de setembro, o Seminário Ecumenismo e Missão – Para que Todos Sejam Um.

O Seminário será precedido por uma reunião dos presidentes das seis igrejas-membro do CONIC. Nessa reunião, os religiosos deverão discutir a formação ecumênica dos candidatos ao ministério ordenado de cada Igreja, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e a Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2010.

Além dos presidentes do CONIC e dos representantes da CNBB, estavam presentes no encontro o secretário executivo do CONIC, reverendo Luiz Alberto Barbosa, da Igreja Anglicana, o primeiro vice-presidente do organismo ecumênico e arcebispo de Montes Claros (MG), dom José Alberto Moura, o assessor da Comissão para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso da CNBB, padre Marçal Maçaneiro, e o secretário-executivo adjunto do CONIC, padre Gabrielli

Integram o CONIC as igrejas Católica Apostólica Romana, Católica Ortodoxa Siriana, Cristã Reformada, Episcopal Anglicana, Evangélica de Confissão Luterana e a Presbiteriana Unida.

Fonte: ALC