Em meio as dificuldades que castigam o Nordeste, uma alternativa surge para tentar frear o prejuízo causado pelas enchentes. A Cáritas brasileira, órgão vinculado a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realiza a campanha S.O.S Nordeste.

O projeto tem como objetivo arrecadar fundos e atender à população da região com ajudas imediatas ¿ comidas, colchões, remédios e roupas. Outro objetivo é ajudar na reconstrução de casas devastadas pela água e na recuperação de açudes e cisternas. Os meios produtivos são outra preocupação da instituição.

“Muitas pessoas perderam animais de pequeno porte e lavouras que eram fundamentais no sustento das famílias. Tem muita gente prejudicada. Além da arrecadação, também fazemos um levantamento junto da Polícia Civil sobre onde houve mais prejuízo”, disse Vitélio Pasa, assessor de campanhas de emergência da Cáritas.

A entidade existe em diversas partes do planeta e tem diversas sucursais distribuídas pelo país. Por conta disso está trabalhando em níveis estaduais. Para ajudar na distribuição dos suprimentos e na reconstrução das casas a Cáritas conta com a ajuda dos próprios prejudicados.

“As equipes de reestruturação trabalham por meio de mutirão, para termos um trabalho em equipe, com confraternização e solidariedade. Essa é uma metodologia nossa”, explicou Pasa para quem os danos causados pelas enchentes estão diretamente associados com o aquecimento global ¿ uma enchente numa região que vive enfrentando secas é anormal. Para mim é evidente que o aquecimento global está relacionado. O aquecimento não é uma questão municipal ou estadual, é uma questão geral.

Fonte: JB Online