1- A MALDIÇÃO NO ÉDEN

Vemos a forma como Deus trata o assunto da transgressão no Éden e como trata com Adão e Eva, e a serpente: Primeiramente chama a Adão, depois chama à mulher e por último à serpente. (Gênesis 3: 9-19) No entanto ao pronunciar o julgamento Deus investe esta ordem: primeiro a serpente como a primeira a causar o pecado, logo depois a mulher porque foi enganada e por último o homem. Notamos que a mulher foi enganada pela serpente e não foi uma transgressora voluntária, por isto Deus falou: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e o seu descendente; este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gênesis 3:15). Isto no confirma o Apóstolo Paulo em sua carta: “Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em pecado.” (I Timóteo 2: 13).

2. A MALDIÇÃO SOBRE A SERPENTE

“Disse, pois, o Senhor Deus à serpente: Porque fizeste isto, maldita és entre todos os animais domésticos, e entre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.” (Gênesis 3: 14).

3. A MALDIÇÃO SOBRE A TERRA

“Ao homem disse: Porque deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida”. (Gênesis 3: 17) A maldição foi pronunciada sobre a serpente e sobre a terra. No entanto após o dilúvio, em Gênesis 8: 21, o Senhor remove a maldição sobre a terra: “O Senhor sentiu o suave cheiro, e disse em seu coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a terra por causa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice. E jamais tornarei a ferir a
todos os seres viventes, como fiz”, mas também não removeu a maldição lançada sobre a serpente.

4. A MALDIÇÃO DE CANAÃ

Na arca junto com Noé estavam seus três filhos Sem, Cão e Jafé. Canaã foi filho de Cão e neto de Noé. “Os filhos de Noé, que saíram da arca, foram
Sem, Cão e Jafé. Cão é o pai de Canaã. Estes três foram os filhos de Noé, e destes se povoou toda a terra.” (Gênesis 9: 18,19) Em Oséias 12: 7 encontramos uma referência a Canaã como um que ama enganar: “Como os descendentes de Canaã, comerciantes que usam balança desonesta e gostam muito de extorquir” e isto precisamente significa seu nome, expressando que Canaã teve que ver com a desagradável situação de Noé. Também Habacuque 2: 15 diz o seguinte: “Ai daquele que dá de beber ao seu
companheiro, que lhe chega o seu odre, e o embebeda, para ver a sua nudez.”. O versículo completo parece conectado ao episódio com Noé, seu filho Cão e seu neto Canaã. Após sair do arca, Noé se embriagou: “Bebeu do vinho, embriagou-se, e se descobriu no meio de sua tenda. Despertando Noé do seu vinho, soube o que seu filho mais moço lhe fizera, e disse: Maldito seja Canaã! Servo dos servos seja aos seus irmãos.” (Gênesis 9: 21, 24 e 25) A maldição veio sobre Canaã e através dele os cananeus. Desde e através dos descendentes de Canaã veio a entrada das forças satânicas em poder sobre todo o mundo.

5. A MALDIÇÃO EM DESOBEDECER A LEI

“Mas se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, se não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e estatutos que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te atingirão” (Deuteronômio 28: 15) Esta maldição segue uma linha contínua com as outras maldições que lhe precedem — primeiro a maldição pronunciada sobre Satanás, depois a maldição sobre os cananeus manifestada através da bruxaria e espiritismo; e finalmente a maldição da lei pela desobediência de Israel.
Assim encontramos três maldições que estão em operação no mundo:
1) A maldição sobre Satanás que nunca será anulada.
2) A maldição sobre os cananeus através de seu progenitor Canaã, trazendo julgamento sobre eles por meio de Israel.
3) A maldição sobre todo aquele que desobedecer a lei de Deus dada no Sinai, a qual está ativa até o dia de hoje. “Todos aqueles que são das obras da lei estão debaixo da maldição, pois está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.”. (Gálatas 3: 10)

6. A MALDIÇÃO SOBRE AQUELE QUE SE FEZ MALDIÇÃO NO CALVÁRIO

Fora de Cristo estamos debaixo da maldição da lei; em Cristo estamos livres da maldição, porque a maldição foi sobre Ele. Podemos escapar da maldição da lei crendo na obra expiatória do Senhor Jesus Cristo na cruz do calvário; morrendo com Ele, plantados nele, permanecendo nele. “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, pois está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro. Ele nos resgatou para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebêssemos a promessa do Espírito”. (Gálatas 3:13,14) A Palavra confirma também em: “Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos que crêem.” (Gálatas 3:22)

7. A MALDIÇÃO DECLARADA PELOS SERVOS DE DEUS

Quando Noé acordou e soube o que tinha acontecido, disse: Maldito seja Canaã” (Gênesis 9: 5)
Depois encontramos Moisés declarando a maldição de Deus sobre todo aquele que desobedecesse a lei de Deus, porque ele foi um representante de Deus contra o pecado. (Deuteronômio 28: 15)
Depois Débora. “Amaldiçoai a Meroz, disse o anjo do Senhor. Duramente amaldiçoai aos seus moradores, porque não vieram em socorro do Senhor, em socorro do Senhor e seus heróis”. (Juízes 5:23)
Também Eliseu: “Virando-se ele para trás, viu-os e os amaldiçoou em nome do Senhor. Então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles rapazinhos.”. (2 Reis 2: 24)
Depois Jeremias: “Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e cujo coração se aparta do Senhor! Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor.”. (Jeremias 17: 5,7)
Novamente disse Jeremias: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente! Maldito aquele que preservar a sua espada do sangue!”. (Jeremias 48:10) comp. (1 Tes. 4: 11) “Procurai viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com as vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado”.
Depois encontramos Malaquias: “Com maldição sois amaldiçoados, porque me roubais, vós, a nação toda”. (Malaquias 3: 9)

8. A MALDIÇÃO USADA NA ORAÇÃO COMO FEZ O SENHOR JESUS CRISTO

Agora no Novo Testamento, encontramos o Senhor Jesus amaldiçoando a figueira estéril. “Então ele disse à figueira: Nunca jamais coma alguém fruto de ti. E os discípulos ouviram isto”. (Marcos 11: 14) É impressionante como este incidente é mencionado em conexão com alguns ensinos a respeito da oração: “Em verdade vos digo que se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te ao mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará o que diz, lhe será feito. Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que recebestes, e será vosso”. (Marcos 11: 23, 24)
Pelo menos uma verdade é clara: o crente está autorizado por estas palavras do Senhor a dizer, em oração, concernente a qualquer coisa produzida por Satanás: “Que fique seca e estéril desde a raiz, toda obra que tenha sua origem e inspiração no deus deste mundo quer seja secular ou religiosa”.

9. “SEJA ANÁTEMA” DO APÓSTOLO PAULO

Em Gálatas 1:9 encontramos a mesma profundidade da operação da maldição declarada pelo Apóstolo Paulo quando diz: “Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo: Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema”. O Apóstolo tem uma clara visão do homem que prega um evangelho diferente.
Se os homens não acham que Cristo se fez maldição por eles, então estão atados a permanecer debaixo da maldição e ser amaldiçoados, porque estão debaixo da maldição do pecado e identificados com a maldição de Satanás, além de estarem cegos e cativos por ele. “Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos”. (Mateus 25: 41)

10. NÃO HÁ MAIS MALDIÇÃO SOBRE NÓS

Sempre haverá maldição entre os homens enquanto Satanás estiver entre eles. A humanidade não poderá se livrar disto até que seja liberada de seu inimigo. Mas quando isto acontecer então: “Ali nunca mais haverá maldição” (Apocalipse 22:3)
MAS NÓS, OS QUE CREMOS NO SENHOR JESUS POSSUÍMOS UMA HERANÇA INEGÁVEL. Cristo nos livrou! “Cristo livrou-nos da maldição da lei, fazendo-se maldição em nosso lugar, porque está escrito: Maldito todo o que é pendurado no madeiro”. (Gálatas 3:13,14).
POSSUÍMOS A VITÓRIA POR MEIO DO SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO “Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; não amaram as suas vidas até à morte”. (Apocalipse 12:11)

Deus vos prospere em tudo

Ev Manoel Valentim

Baseado no livro “A conquista de Canaã” de Jessie Penn-Lewis